Para que uma empresa reduza custos, mas sem perder a qualidade de sua operações ou processos, é preciso que os departamentos façam sua parte, ou seja, trabalhem não apenas desempenhando suas funções bem, mas de forma eficiente, o que implica considerar fazer bem, mas com poucos recursos. O departamento de RH pode ajudar e muito na redução de custos com pequenas atitudes.

Ciente, no entanto, que muitos dos gestores de RH encontram dificuldades na hora de reduzir custos, não sabendo o que fazer ou por onde começar ou se as ações realmente valerão a pena, montamos este conteúdo para apresentar algumas dicas nesse sentido.

Renegocie contratos

O RH é como qualquer outro departamento da empresa, ou seja, para que consiga desempenhar suas atribuições de maneira eficiente, precisa realizar parcerias, que se formalizam a partir de contratos. Por exemplo, assinar contratos para fornecer alimentos/refeições aos funcionários da empresa; para oferecer cursos de qualificação e capacitação profissional; para implantar sistemas de automação de trabalho, entre outros.

Então, como primeira dica para reduzir custos, por que não renegociar esses contratos? Muitas vezes, o fornecedor prefere reduzir o valor do serviço/produto fornecido do que perder essa parceria. Explorar essa oportunidade pode trazer maior vantagem para a sua empresa.

Estabeleça metas de produtividade

Ser produtivo significa fazer mais com menos (tempo e dinheiro). A lógica é mais ou menos essa. Por essa razão, vale a pena estabelecer metas de produtividade, que façam com que a sua equipe de trabalho seja produtiva, ou seja, alcance uma determinada marca dentro de um tempo específico e com os recursos disponíveis.

Uma empresa que não é produtiva tende a gastar mais para alcançar suas metas, o que, na prática, pode fazer com que ela tenha sua saúde financeira afetada.

Por isso, estabeleça indicadores de desempenho, bem como metas no departamento de RH e acompanhe a evolução diária e o engajamento na execução das tarefas.

Metas auxiliam o RH na redução de custos?

A resposta é SIM. Gerir metas e obter a capacidade produtiva de um colaborador é fator fundamental na corporação. O velho dizer “fazer mais com menos” nunca fez tanto sentido como o momento em que estamos vivenciando.

Por que não pensar em cobrar os funcionários por resultados ao invés de apenas horas trabalhadas? O que faz mais sentido, ter um colaborador que passa 2h a 3h no trânsito todos os dias para chegar as 9h no escritório ou faz mais sentido aquele funcionário que tenha a liberdade de começar as 10h, fazendo home-office e com o maior pique e energia? Pense nisso!

Automatize processos/operações

Hoje, a automatização de processos se tornou uma tendência no meio corporativo. Por diversas razões, a primeira é que se trata de um procedimento que pode não só aumentar a produtividade de um setor ou empresa, como um todo, mas reduzir custos. A segunda é que se trata de um processo que aumenta a eficiência de um negócio, fazendo com que ele seja mais competitivo no mercado.

A redução de custos se dá porque é possível não apenas reduzir o quadro de colaboradores, mas evitar erros que costumam gerar custos, seja com hora extra, seja pela compra de insumos para refazer os processos ou operações.

O ideal é fazer tal processo de maneira produtiva e eficiente, mas gastando o mínimo possível.

Monte um programa de demissão

Por fim, como última dica, monte um programa de demissão, que possibilite a sua empresa se tornar mais enxuta e econômica. Não tenha receio ou medo!

Mesmo que sua empresa forneça benefícios, gratificações ou bons salários, sempre existirão colaboradores que estarão insatisfeitos ou mantendo seu currículo sempre aberto ao mercado. Por que não pensar em um programa de demissão voluntário que auxiliará o RH na redução de custos a médio prazo?

Hoje, muitas organizações observam o programa de demissão como uma estratégia importante para a redução de custos, considerando que a folha de pagamento se coloca como um dos custos mais elevados de um negócio. Ao demitir, mas com benefícios, tanto o funcionário fica feliz e satisfeito, como a sua empresa fica mais enxuta economicamente.

Como vimos, há formas de fazer com que o seu RH ajude a empresa, como um todo, a reduzir custos. Agora que conhece algumas dicas, adote-as.

Para ler mais artigos como este, não deixe de assinar a newsletter, combinado? Estamos sempre publicando conteúdos que podem facilitar mais o seu dia a dia.

Aproveite também para fornecer um amplo Clube de Benefícios GRATUITAMENTE a todos os seus colaboradores. Um grande start para economia interna na sua empresa. Acesse nosso site e confira – www.habaut.com.br.